Ciclista morto durante assalto na Cinco Pontes fazia o trajeto há mais 10 anos

Carlos Renato Souza, de 45 anos, passava pela ponte todos os dias. Ele era casado e deixou duas filhas


Familiares do ciclista morto durante um assalto na Ponte Florentino Ávidos, na Ilha do Príncipe, em Vitória, estiveram no Departamento Médico Legal (DML) na noite de terça-feira (14), para liberar o corpo da vítima. 
De acordo com a Polícia Militar (PMES), Carlos Renato Souza, de 45 anos, teria sido abordado por indivíduos armados. Ele teria reagido ao assalto e acabou sendo atingido por dois tiros.
Amigos da vítima também estiveram no DML em busca de informações. Muito abalada, a irmã do ciclista precisou ser amparada por uma amiga da família. Como o corpo ainda não havia dado entrada no departamento, a mulher precisou ir até a DHPP para reconhecer o irmão por fotos.  
Um outro amigo de Carlos contou que ele trabalhava no centro de Vitória e morava em Vila Velha. O homem, que passava pela ponte todos os dias, há mais de 10 anos, era casado e deixou duas filhas. 
Amante de esportes, Carlos Renato era querido por todos, tanto no trabalho, quanto no bairro em que morava. O amigo contou também que ele estava animado com a empresa que ia abrir com um sócio. 
Por Folha Vitória

Postar um comentário

0 Comentários