Desfile homenageia 484 anos de colonização do solo Espírito Santense


Na manhã desta quinta-feira (23) os moradores de Vila Velha foram prestigiar o tradicional desfile cívico-militar, realizado pela prefeitura, em comemoração aos 484 anos de uma das cidades mais antigas do país, que deu origem ao estado do Espírito Santo.
A manhã de comemorações do aniversário da Colonização do Solo Espírito Santense teve início com revista à Guarda de Honra da Polícia Militar.
Em seguida, as instituições de segurança do estado, helicópteros do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (NOTAER) abriram o desfile pela primeira vez, surpreendendo o público.
Entre os desfiles de instituições como Exército, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e Bombeiros, a Polícia Civil surpreendeu com uma demonstração com tiros de festim. Além destes, inspetores penitenciários da Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS) também desfilaram, assim como a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG) e o Grupo Escoteiro Barão do Teffé.
O vigilante Wellington Amorim, 42, estava acompanhado do neto Lorenzo, 5, que parecia estar curtindo bastante o desfile do exército, com uma roupinha toda camuflada. “Eu acompanho o desfile todos os anos e essa é a primeira vez que trago meu maravilhoso neto comigo pra assistir ao desfile. Já vejo que ele está gostando”.
Muitas pessoas vieram de outros municípios para participarem das comemorações. Karla Latavanha, 35, é moradora de São Pedro, em Vitória, e disse que assiste ao desfile todos os anos. “Já tem seis anos que acompanho o desfile. Meu filho tem 15 anos e toca na banda júnior da Polícia Militar. Venho sempre acompanhar o trabalho dele. Além disso, é a primeira vez que minha filha de 11 anos desfila e estamos ansiosos para vê-la”.
Dezessete municípios capixabas foram homenageados por mais de mil alunos de 28 escolas municipais, entre elas, homenagens àqueles que são a base da cultura capixaba, os índios.
Mas assim como eles, o estado foi construído por diversas culturas, o que foi apresentado por alunos de cada escola, representando a colonização do estado.
A vice-governadora do estado, Jaqueline Moraes, acompanhou o desfile e destaca a valorização da cultura capixaba. “Foi um desfile lindo e representativo, onde pudemos ver a força de nossas instituições públicas e também das escolas trazendo temas importantes como a causa animal, a causa dos índios, trazendo nossa cultura e culinária para o desfile”.
Jaqueline Moraes parabenizou Vila Velha. “Parabéns à Vila Velha que merece todo esse carinho e homenagens. Nosso governo já fez algumas entregas hoje de manhã e só tenho a dizer que os moradores daqui merecem tudo de melhor”.
O prefeito da cidade aniversariante, Max Filho, relembrou os problemas em que a cidade passou nos últimos dias, mas destaca a força do município. “Vila Velha tem muita história e há muito mais motivos para se comemorar, mesmo estando em um momento difícil da cidade, onde vivemos uma situação de emergência em razão das enchentes do último fim de semana. Mas a cidade é forte e resistente e tem maior capacidade de superação”.
Por nota, a Prefeitura de Vila Velha informou que mesmo os estudantes cujos bairros foram afetados pelas fortes chuvas do último final de semana participaram normalmente das atividades. Disse que nenhum item da programação previamente elaborada, por meio da Secretaria Municipal de Educação, relativo à participação de 28 escolas, foi descumprido. Todas as unidades previamente confirmadas no evento (duas de Educação Infantil e 26 de Ensino Fundamental) participaram da celebração, com aproximadamente 1,2 mil alunos da Rede Municipal.
Por ESHOJE

Postar um comentário

0 Comentários