'Foram os dias mais difíceis da minha vida', diz mãe de criança levada pelo pai



Patrícia Paula Bull desembarcou no aeroporto de Vitória por volta das 18h07


Depois de 13 dias, Patrícia Paula Bull desembarcou em Vitória com o filho Ravi, de 10 meses, que havia sido levado pelo pai no dia 18 de abril para São Paulo. Rodrigo Carvalho Pinto saiu de Santa Maria de Jetibá, onde a criança mora com a mãe, e ficou com o filho. Na última terça-feira (30), ele foi preso pela Polícia Civil de São Paulo e autuado por subtração de incapaz com as ameaças.
"Agora estou aliviada, muito feliz. Agora é só curtir nossos momentos juntos. Acabou o pesadelo. Foram os dias mais difíceis da minha vida, mas tivemos um final feliz, graças a Deus", afirmou Patrícia ao chegar no aeroporto de Vitória.
Ravi ainda está em fase de amamentação e ficou todo esse tempo aos prantos devido à ausência da mãe. "Ele mamou bastante, até agora ficou no peito. Ele logo que me reconheceu, parou de chorar. Ele está um pouco abalado, estranhando algumas coisas, passou vários dias chorando porque queria mamar", revelou.
Sobre a volta para casa na zona rural de Santa Maria de Jetibá, a cabeleireira de 27 anos disse que espera ter uma vida tranquila.
"Só quero paz na minha vida. Estou sem palavras, muito feliz por ter meu filho de volta, ficar perto dele e sentir o cheiro dele. Eu imaginei que jamais iria encontrar ele pelo fato do pai fazer ameaças de que iria para fora do Brasil, até pensei que isso tinha acontecido", disse a mãe de Ravi.
Questionada se ainda sente medo, Patrícia foi sincera: "Tenho medo, ele pode sair da prisão com mais raiva ainda. Com a fúria, pode não ser legal. A avó dele (mãe de Rodrigo) deveria me entender, sou mãe, poderia ter me avisado antes que o Ravi estava lá. Foi muito desgastante".
Logo que deixou o saguão de desembarque do aeroporto de Vitória, Patrícia contou que tem festa programada em casa. "Vamos brincar muito com ele e comemorar. Agora é só alegria", garantiu a mãe de Ravi.

Postar um comentário

0 Comentários