Mutirão de cirurgias em quatro cidades capixabas custará R$ 3,5 milhões


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), promoverá um mutirão de cirurgias eletivas para 3.747 pacientes de todas as regiões do Estado a partir deste mês. O investimento para as cirurgias será de R$ 2.901.139,87 provenientes do Governo Federal (Portaria Ministerial 195/2019) e R$ 615.758,37 – custeados pelo Governo Estadual – para cobrir os gastos com exames pré-operatórios.
O mutirão terá como prioridade a atenção às mulheres, com a oferta de cirurgias ginecológicas (histerectomia total, miomectomia, colpoperineoplastia, salpingectomia) e angiológicas (varizes bilateral e unilateral). Também haverá a oferta de cirurgias angiológicas para homens.
As cirurgias serão realizadas em cinco hospitais: Evangélico de Vila Velha, Santa Casa de Vitória, Nossa Senhora da Penha, em Santa Leopoldina, São José de Colatina e Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam), em Vitória.A identificação dos pacientes será feita por meio do Sistema de Regulação Estadual. Serão 1.066 cirurgias ginecológicas para mulheres na faixa etária de igual ou maior que 15 anos e 1.557 cirurgias angiológicas para mulheres e homens na faixa etária de igual ou maior que 20 anos. Além de 1.071 cirurgias oftalmológicas e 53 de reconstrução mamária.
O paciente será comunicado do agendamento para a cirurgia por meio do Sistema de Regulação do município de origem. No primeiro contato, será observado a necessidade de realizar exames pré-operatórios que deverão ser feitos dentro do próprio hospital para, em seguida, ser marcada a cirurgia.

Postar um comentário

0 Comentários