Agulha Negra se classificada nos pênaltis para a final da Copa Vila Velha



Muita superação em campo. Foi assim o jogo da noite desta terça-feira (11), que classificou o time do Agulha Negra, de Santa Rita, para a final da Copa Vila Velha de Futebol. A equipe precisava vencer por dois gols de diferença, já que havia perdido a partida de ida. Entrou em campo na desvantagem, mas conseguiu levar para os pênaltis depois de converter o segundo gol aos 45 minutos do segundo tempo. Seu oponente, Juventus, marcou apenas uma vez no tempo normal.

Na cobrança dos pênaltis, o time de Santa Rita converteu 4 das 5 cobranças em gol. Já o Juventus fez apenas 2 gols. O resultado levou o Agulha Negra para a disputa final da Copa, a ser realizada contra o ganhador do jogo entre o Boa Vista e o Hala Madrid, que acontece nesta quinta-feira (13). 

Nos minutos iniciais da partida o meia Mineiro (Igor Henrique) abriu o marcador com 1 gol para o Agulha Negra. Logo em seguida, o lateral do Juventus Wallace deixa tudo igual no campo do Camelo, em Vila Garrido. Ainda no primeiro tempo, ambos os times tiveram boas chances de ampliar o marcador.

No segundo tempo, o Juventus impôs ritmo no jogo e chegou a criar várias oportunidades de gol, mas foi barrado pelo goleiro Roniel, do Agulha Negra. Aos 45 minutos, o atacante Balotelli (Leandro) faz mais gol para o Agulha Negra e levou a decisão para os pênaltis.

“Um jogo muito equilibrado. Mas o importante é que a competição continua dentro de um índice técnico muito bom, uma qualidade e uma organização boas. E os atletas contribuindo muito para o sucesso da competição”, destacou o secretário de Esportes e Lazer, Luiz Felipe Faria de Azevedo. E completou: “Agora, aguardamos o desenrolar da partida de quinta-feira (13) para definir o local da grande final”, lembrou.

O atacante Balotelli, autor do gol que levou a decisão para os pênaltis, comemorou o resultado.  “Nosso time é isso aí. É um time aguerrido, que põe a bola no chão e vai pra cima com raça. Aqui é Agulha Negra”, gritou. “Não fomos felizes nas cobranças. É mérito do adversário que converteu as oportunidades e saíram classificados para a final”, opinou o meia Gustavinho do Juventus.,

Da redação GVN

Postar um comentário

0 Comentários