Manifestantes interditam a BR 101 Norte durante protestos da greve geral


Manifestações acontecem na rodovia em São Mateus e Linhares. Em Colatina, acontece uma passeata no Centro da cidade

A Rodovia BR 101 está totalmente interditada no quilômetro 60, em São Mateus, região Norte do Estado, por conta da greve geral que acontece em todo o país nesta sexta-feira (14). Os manifestantes colocaram fogo em pneus e bloquearam as pistas centrais e laterais da via, impedindo a passagem de veículos. São cerca de 500 pessoas, entre estudantes e professores da Ufes e do Ifes de São Mateus, trabalhadores urbanos e rurais, além de sindicalistas.

OPor conta do bloqueio na rodovia, há muito trânsito no local. Discussões entre motoristas que querem seguir viagem e os manifestantes que impedem a passagem são registradas no local. Alguns motoristas tentam sair das filas e fazem manobras em plena BR 101 para voltar de onde saíram.

Os portões principais da Ufes e do Ifes foram fechados no início da manhã, antes do bloqueio na rodovia. Estudantes e pesquisadores da universidade e do instituto federal levaram atividades da Semana de Educação do Campo para a rodovia. Eles oferecem minicursos e fazem apresentação de pôsteres durante o protesto. No Centro de São Mateus tem uma manifestação de professores. 

BR 101, em São Mateus, foi liberada por volta de 11h20. À tarde, os manifestantes vão realizar uma mesa de debates na Ufes do município.

Em Colatina, na região Noroeste do Estado, manifestantes se concentraram em frente à prefeitura e seguiram em passeata pela cidade. Segundo a Polícia Militar, as pessoas deram a volta no prédio da prefeitura e depois seguiram para a Câmara Municipal. O protesto foi pacífico e acompanhado de perto pelos policiais.

Em Linhares, o protesto começou por volta de 4 horas. Manifestantes colocaram fogo em pneus na entrada da Viação Joana D’Arc, que faz o transporte público no município e outras cidades da região, e impediram a saída dos ônibus. Por conta disso, os veículos só foram para as ruas com mais de uma hora de atraso.

Os ônibus foram liberados, mas foi mantida uma interdição da pista lateral da BR 101, onde fica a empresa, no km 146 da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o trânsito foi desviado para a pista central da rodovia e também para os bairros. Por volta de 10h40, a rodovia foi liberada pelos manifestantes.

Fonte: Gazeta Online

Postar um comentário

0 Comentários