Mulher é morta a tiros na Serra e principal suspeito é o ex-marido



Moradores da região contaram que a mulher estava em casa, acompanhada dos três filhos, quando foi morta por um homem que teria passado pela rua de carro


Uma diarista foi assassinada a tiros na manhã desta quarta-feira (19), quando seguia para o trabalho, no no bairro Jardim Carapina, na Serra. Segundo a Polícia Militar, o suspeito seria o ex-companheiro dela, que chegou em um carro e realizou diversos disparos de arma de fogo.
A mulher foi identificada como Maria Madalena dos Santos, de 38 anos. Testemunhas contaram que a irmã da vítima e dois sobrinhos, passavam pelo local por volta das 07h da manhã, quando um homem chegou de carro e disparou várias vezes contra a diarista.
De acordo com testemunhas, a vítima se manteve casada por cerca de 18 anos com o suspeito. Além disso, segundo eles, a mulher sofria ameaças do ex-companheiro e que, por conta disso, teria se mudado para o bairro há pouco tempo, depois de deixar o local onde morava com os três filhos.
Segundo a Polícia Civil, a mulher teve o óbito constatado no ainda no local. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória e a ocorrência ainda está em andamento no plantão vigente do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. Até o momento o suspeito não foi localizado.
 A polícia conta com a colaboração da população e qualquer contribuição pode ser feita por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, onde é possível a pessoa anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O sigilo e anonimato são garantidos. 
Fonte: Folha Vitória  

Postar um comentário

0 Comentários