Novo ataque de fúria em Cariacica


A situação da saúde, em Cariacica, tirou o médico Aurédio Couto, que é pai do vereador Lelo Couto, ter um ataque de fúria, quebrando todo consultório no posto de saúde de Jardim América. O caso foi em 15 de maio do ano passado. Sua revolta era com a falta de condições de trabalhar para atender a população da cidade. Aconteceu de novo, e o alvo, agora, foi o gabinete do prefeito Juninho (Cidadania).
O caso aconteceu na segunda-feira (17) e virou assunto principal de todas as rodas de conversa nos corredores da Câmara de Vitória. Há quem diga que o médico foi para “vias de fato” com o prefeito, que teria ficado chorando. Mas os rumores maiores são de que ele chegou bem descontrolado. Além das péssimas condições de trabalho, informações dão conta que a revolta é, também, pelo achatamento salarial da classe médica.
Aos 72 anos, Aurédio Couto foi o primeiro servidor da saúde municipal, com atuação que beira aos 50 anos de medicina no serviço público.
Houve uma tentativa de abafar o caso, mas a assessoria do prefeito confirmou a confusão. Por meio de sua assessoria, Juninho disse que o médico “partiu para cima dele”, mas foi contido. Contudo, quebrou a porta do gabinete e um Boletim de Ocorrência foi registrado por destruição do patrimônio público.
Por meio de nota, acrescentou: “O Dr Aurédio chegou nervoso ao gabinete, buscando uma solução por meio do prefeito sobre um assunto administrativo. O prefeito tratou de acalmá-lo, porém, neste ínterim, o médico danificou uma porta do gabinete. Assim que ele foi acalmado, o prefeito chamou o secretário de Gestão e Planejamento, Rodrigo Magnago, para atendê-lo. A assessoria reitera que não houve briga, apenas tentativa de agressão por parte do servidor. Um Boletim de Ocorrência será registrado por dano ao patrimônio público”.
Fonte: ESHOJE

Postar um comentário

0 Comentários