Após confronto, Central Carapina amanhece sem energia e comércio fechado


O bairro Central Carapina amanheceu com comércio, escolas e unidades de saúde fechadas nesta quarta-feira (21).
Além disso, o bairro está sem energia desde a madrugada quando traficantes, segundo policiais que monitoram a região, teriam explodido transformadores.

Ainda nesta quarta, o patrulhamento foi reforçado no local. Pelo menos oito viaturas da Polícia Militar circulam pelo bairro.
De acordo com os policiais, as equipes permanecerão na região enquanto a situação não voltar ao normal.

O caso
O cumprimento de um mandado de prisão contra o suspeito dos dois últimos homicídios ocorridos em Central Carapina terminou em confusão e morte na tarde da última terça-feira (20). Ao chegar ao bairro para a operação, a equipe da Delegacia de Crimes Contra a Vida de Serra foi recebida a tiros.
De acordo com a polícia, houve confronto, e um homem morreu no local. Deuzimar Cunha Bento Neves, de 18 anos, teria apontado uma arma para policiais DCCV da Serra. Um dos policiais revidou e atirou contra Deuzimar. Segundo o delegado responsável pela operação, Sandi Mori, o jovem já tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e era investigado por envolvimento em um homicídio.
Por conta dos confrontos, escolas suspenderam as aulas no período da tarde e os coletivos que passam por Central Carapina precisaram mudar o itinerário, passando pela BR-101
Fonte: ESHOJE

Postar um comentário

0 Comentários