Agora é lei: dia de Nossa Senhora da Penha é feriado estadual


A lei passa a valer a partir desta quinta-feira (03) com a publicação no Diário Oficial do Estado

O projeto de Lei da Assembleia Legislativa do Espírito Santo para tornar o Dia de Nossa Senhora da Penha - padroeira do Estado -, feriado estadual, foi sancionado pelo governador Casagrande. O feriado é comemorado oito dias depois da Páscoa (sempre cai em uma segunda-feira). A lei passa a valer a partir desta quinta-feira (03) com a publicação no Diário Oficial do Estado.

MAIS UM FERIADO PREOCUPA INDÚSTRIA E COMÉRCIO 

De acordo com a Findes, em 2016, último dado disponível, a perda da indústria com os 12 dias de feriados daquele ano alcançou 4,7% do valor total da indústria (R$ 22,6 bilhões), o que corresponde a R$ 1,07 bilhão. 

O presidente da Federação das Indústrias do Estado, Léo de Castro, lembra que quanto maior o número de feriados em dias de semana, maiores são as perdas para a indústria. "Estamos vivendo um momento muito complexo para a economia e para a geração de emprego, o feriado trabalha contra a indústria, porque custa mais caro para produzir e reduz o consumo com o fechamento das lojas", explica.

O vice-presidente da Federação do Comércio e Serviços (Fecomércio), João Elvécio Faé, pondera que apesar de para o comércio ser ruim ter mais um feriado, o setor de serviços sairia favorecido. "Os comerciários já têm uma regra própria, a convenção coletiva, onde apenas em quatro dias do ano são proibidos de abrir os comércios. Mas os feriados sempre atrapalham de um modo geral, porque afetam diretamente a economia", argumenta.

No mês passado, mais de 40 sindicatos do Estado enviaram um ofício conjunto ao governador do Estado na esperança dele vetar o projeto.

 A DATA

Atualmente, o Dia de Nossa Senhora da Penha é feriado apenas em Vila velha, mas é ponto facultativo em outras cinco cidades do Estado: Cariacica, Presidente Kennedy, Viana, Vitória e Cachoeiro de Itapemirim. 

A Festa da Penha é a terceira maior festa Mariana do país. Além disso, é a maior manifestação religiosa do Espírito Santo. A comemoração tem data móvel. Ela tem início no Domingo de Páscoa e termina nove dias depois. Durante esse período, todas as Arquidioceses e Dioceses do Estado fazem peregrinação ao Convento da Penha, em Vila Velha, para agradecer as graças alcançadas, através da intercessão de Nossa Senhora.

Neste ano, 110 mil pessoas participaram da missa de encerramento da manifestação religiosa.

Postar um comentário

0 Comentários