Jovem de classe média alta presa em 2015 transportando drogas é detida novamente em Vila Velha

Um das mulheres já havido presa em 2015. Na época, a jovem, com 18 anos, foi detida com uma outra amiga quando voltavam de São Paulo trazendo drogas para Vitória


Quatro pessoas foram presas durante um patrulhamento da Polícia Militar na tarde de domingo (14), no bairro Santa Inês, em Vila Velha. Com eles, a polícia apreendeu uma grande quantidade de drogas, e o que chamou atenção é que um dos detidos já havia sido notícia no Espírito Santo em 2015. 
Na época, Ana Paula Machado Maitam, com 18 anos, e uma outra amiga, da mesma idade, foram presas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), quando voltavam em um ônibus trazendo drogas de São Paulo para Vitória. As duas foram sorrindo para delegacia, cantando e dançando funk. 


No domingo (14), ela foi detida outra vez. De acordo com informações da Polícia Militar, militares faziam um patrulhamento na Avenida Carlos Lindenberg, quando perceberam duas mulheres em atitude suspeita. Neste momento, uma terceira pessoa teria jogado um pacote pela janela onde as mulheres estavam. 
A polícia fez a abordagem e constatou que as três suspeitas estavam com uma grande quantidade de drogas. No pacote, foram encontrados mais de 1.500 pedras de crack. Um homem que estava no portão do prédio, ficou nervoso e também acabou detido. Os suspeitos foram identificados como Amanda Almeida Santos, de 25 anos, Ana Paula Assis da Silva de 22, Ana Paula Machado Maitam também de 22 e Christofer Dias da Cunha de 23. 
Toda a droga foi levada junto com eles para Delegacia Regional de Vila Velha. Ao todo, 19 tabletes de drogas, 30 buchas de maconha e mais de 1.500 pedras de crack foram apreendidos.
O dono do imóvel também foi ouvido. De acordo com ele, a casa foi alugada há cerca de duas semanas para duas das mulheres. Uma nova vistoria foi feito dentro da residência e mais drogas foram apreendidas. 

Uma das jovens, de classe média, já havia sido detida em outra situação

Em 2015, Ana Paula Machado Maitan, que morava no bairro Santa Lúcia, em Vitória, foi detida com uma outra amiga transportando drogas de São Paulo para Vitória. A polícia constatou que Ana Paula era de classe média alta e estudava em uma escola particular.
No dia da prisão, as jovens foram flagradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no momento em que o ônibus onde elas estavam passava por Viana, na BR 262. Presas, as duas sorriam, cantavam e dançavam funk na delegacia. 
Perfil da detida
Ana Paula pertence a uma família considerada de classe média alta da Grande Vitória. Ela era moradora do bairro Santa Lúcia, na capital capixaba. Na época, a jovem havia completado 18 anos e estudava em uma das escolas mais conceituadas do estado.
Tráfico/ prisão
Naquele ano, as jovens foram indiciadas por tráfico de drogas e associação ao tráfico, com agravante de ser transporte interestadual e por meio de veículo público. 
Fonte: Folha Vitória


Postar um comentário

0 Comentários