Noblat diz que Veja tem 2 mil áudios da Vaza Jato


O jornalista Ricardo Noblat, colunista da revista Veja, deu nesta sexta-feira, 5, a dimensão do conteúdo em áudio a ser revelado pela VazaJato; "Só áudios são cerca de 2 mil. Essa informação acabo de apurar", disse Noblat pelo Twitter

O jornalista Ricardo Noblat, colunista da revista Veja afirmou nesta sexta-feira, 5, que a revista Veja cerca de dois aúdios de conversas da Vaza Jato. "Só áudios são cerca de 2 mil. Essa informação acabo de apurar", disse Noblat pelo Twitter. 

Na edição que está nas bancas nesta sexta, a Veja traz reportagem com diálogos que mostram que o ex-juiz Sergio Moro orientou procuradores da Lava Jato na condução de novas operações, alertou sobre prazos, recusou delação premiada do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e tentou driblar o Supremo Tribunal Federal (STF). 
A reportagem mostra também diálogo do procurador Deltan Dallagnol celebrando o apoio do ministro do STF Edson Fachin à Lava Jato. “Caros, conversei 45 m com o Fachin. Aha uhu o Fachin é nosso”, disse Deltan em grupo de procuradores do Telegram (leia mais no Brasil 247). 
Em parceria com The Intercept, Veja disse ter realizado o mais completo mergulho já feito no acervo da Vaza Jato. Foram analisadas pela reportagem 649 551 mensagens. 

Postar um comentário

0 Comentários