Violência: tiroteios assustam moradores da Grande São Pedro; região registra dois homicídios



Na última segunda-feira (23), um morador do bairro São Pedro I registrou em vídeo diversos barulhos de disparos de arma de fogo em uma região conhecida como Morro do Macaco


Mais um tiroteio assustou os moradores da Grande São Pedro, em Vitória. Em dois dias foram registradas duas trocas de tiros na região. No último domingo (22), duas pessoas foram assassinadas durante uma festa na Ilha das Caieiras, na Capital. 
Desta vez, na última segunda-feira (23), um morador do bairro São Pedro I registrou em vídeo diversos barulhos de disparos de arma de fogo em uma região conhecida como Morro do Macaco, em Vitória.
Durante a tarde de segunda-feira (23), moradores relatavam que criminosos determinaram que moradores fechassem os comércios. Com medo, por volta as 16 horas, os comerciantes fecharam as portas. 
Na manhã desta terça-feira (24), o policiamento rondava pelas principais ruas da Grande São Pedro e os comércios funcionavam normalmente. Apesar da segurança, o clima era de apreensão na região.
MORTES NA ILHA DAS CAIEIRAS 
Foto: Reprodução
Na madrugada de domingo (22), três pessoas foram baleadas no bairro Ilha das Caieiras, na Capital. Segundo informações da Polícia Militar, as vítimas estavam numa festa, quando foram surpreendidas pelos criminosos.
O fato aconteceu por volta de 01h30 da madrugada. As vítimas foram socorridas por populares e levadas ao Pronto Atendimento de São Pedro, onde duas tiveram o óbito confirmado.
A única sobrevivente, uma técnica de enfermagem de 32 anos, foi atingida por dois disparos de arma de fogo. Um deles perfurou a região da virilha e o outro atingiu o glúteo.
Willian Silva da Costa, de 26 anos, morreu com duas perfurações na região do tórax. Já o outro rapaz, identificado como Rafael Gonçalves Pereira de 22, foi morto com quatro tiros, sendo dois deles na cabeça.
TIROTEIO EM MARÇO
Os moradores de Nova Palestina, na região da Grande São Pedro, em Vitória, ficaram assustados com um tiroteio que aconteceu durante a tarde do dia 19 de março deste ano. Alguns chegaram a registrar o momento em que aconteceram os disparos.
Nas imagens gravadas pelos moradores é possível observar que foram vários disparos. No vídeo ainda aparecem dois rapazes em uma moto, que saem correndo após os tiros.
Próximo ao local dos disparos fica uma escola de arte. Todos, muito assustados, não quiseram gravar entrevista. Moradores contaram que quando houve o tiroteio, as aulas na escola terminaram mais cedo. Na manhã do dia 20 de março, as aulas foram retomadas normalmente e a movimentação no bairro foi tranquila.

Postar um comentário

0 Comentários